O amor segundo os seus limites

Beto Brant é referência do bom cinema brasileiro. E prato cheio de violência tarantiniana em filmes como “Os Matadores” (1997) e “O Invasor” (2002). Em “O Amor Segundo B. Schianberg”, Beto explora os limites das relações amorosas – muitas vezes repletas de violência -, fechando a fusão entre amor, ficção e realidade iniciada em “Crime Delicado” (2005) e “Cão sem Dono” (2007).

A câmera experimental (premiada como Melhor Fotografia do Festival do Rio de 2009) investiga o surgimento  de um novo casal – de artistas – na cidade de São Paulo. A nova intimidade compartilhada é explorada de maneira curiosa, voyeurística e primitiva através de belas e fortes imagens; que atravessam a tela e se eternizam no espectador. Os grandes méritos do filme – inovação de linguagem estética, busca constante por ângulos inusitados e (aparente) falta de refino técnico – possibilitam que Beto dialogue com a platéia, retratando os percalços de uma relação apaixonada: dualidades entre olhar/ver (imagens rudimentares) e escutar/ouvir (áudio sem tratamento sonoro).

Conferir o filme, já exibido ano passado no Festival do Rio e na Mostra São Paulo, é testar o amor segundo seus limites em meio a confetes e serpetinas do Oscar 2010. No Rio, a exibição é única e às 22h no Unibanco Arteplex. Esta semana, o longa também está sendo exibido em São Paulo e rumará a novos destinos, como Juiz de Fora e Salvador, na próxima sexta.  Àqueles entusiasmados com novas linguagens cinematográficas, “O Amor Segundo B. Schianberg” é prato cheio.

Helena Sroulevich

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Filmaço!!!, Helena Sroulevich

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s