Ode ao Tarantino

Agora, tudo faz sentido. A Academia prefere deslaurear o Tarantino a entendê-lo. Aqui, o brilho eterno da mente cheia de lembranças. E a homenagem vem em formato curta-metragem com Selton Mello e Seu Jorge, em conversa de bar, revelando as ligações (inusitadas) entre os personagens dos filmes de Quentin. Foi roteirizado e dirigido coletivamente pela 300ml em 2006, e, em tempos de Oscar (ainda não me refiz do baque!), está mais atual que nunca. Confiram:

Helena Sroulevich

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Helena Sroulevich

Uma resposta para “Ode ao Tarantino

  1. Pingback: Tarantino na estante « Doidos por Cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s