“Os Buchas” é coisa de cinema!


Beni (Gregório Duvivier), Maia (Silvio Guindane), Beto (Rafael Studart) e Julia (Tatiana Muniz) retomam suas impagáveis pegações e despegações, reforçados por Fernando Caruso, na pele daquele que faz de tudo por uns trocados: Discípulo de Batista. É a nova temporada da série “Os Buchas”, do Canai Oi, que começa amanhã.

Para quem ainda não conhece “Os Buchas”, esclareço. Beni é a “buchice” em forma de gente. Passou a temporada passada inteira tentando conquistar todas as gatas que cruzavam o seu caminho. E, claro, sem qualquer sucesso. Mas na vida de um respeitável “bucha” sempre há um ombro amigo, tirando onda de pegador. Este é o Maia, que se dá bem com a mulherada, mas, quando apaixonado, pode se tornar um “bucha” de marca maior.  Completando o quarteto do ano passado, havia o casal Beto e Julia, mostrando as alquimias da vida a dois. Se interessou? Bom, assista à primeira temporada pelo portal http://osbuchas.oi.com.br/portal/episodios/

Ontem, assisti ao primeiro episódio da nova temporada. Roteirizada por Álvaro Campos (Furo MTV e Furfles MTV) e dirigida pelo Pedro Antonio (Multishow Verão), digo que promete. Nele, Gregório Duvivier se supera na forma de Beni. O personagem vai à caça numa festa, encontra com duas ex-namoradas e uma delas gay, que lhe dá a tarefa: conquistar uma gata aleatória da festa e convencê-la a participar de um ménage à trois. Para a empreitada, os reforços dos amigos – de sempre – e do melhor dos vendedores: Ciro Bottini, do Shoptime.com. É pra lavar a alma nas risadas!

Chegando ao local da pré-estreia, Pedrinho (Pedro Antonio) foi logo me dizendo: Heleninha, cara, não é cinema… Pedrinho e eu temos histórias desde a época em que brincávamos juntos – com aquela malícia infantil nada bucha – nos jardins da casa da família dele em Itaipava. E, claro, filhos do cinema que somos, ele estava meio preocupado com a minha opinião… Só que eu achei a série coisa de cinema. Amei. Hiper bem filmada e editada. Meu amigo arrasa na direção, dá um salto profissional enorme desde a primeira temporada e faz uma série humorística recheada de piadas estilo quadrinhos e cinema pipoca, sem esquecer de referências “cults e nerds”. Diversão garantida.

Merda ao Pedrinho duplamente: pela série e pelo aniversário de 30 anos! Ah… dedurei! 😉

Aviso aos “buchas”: quer dar aquela reviravolta, tirar onda de esperto e comercializar a série em outra janela (teatro ou cinema)? Bem, a Oi é uma mulher difícil, daquelas que cultiva os instintos mais terríveis, e não facilita. Os direitos não serão vendidos. “Os Buchas” é coisa de cinema, mas vai ficar na televisão. Pena.

Helena Sroulevich

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Helena Sroulevich

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s