Topografia de um Desnudo

Àqueles cinéfilos que quiserem celebrar o caldo (verde-amarelo) que daremos em Portugal na sexta-feira, a dica: “Topografia de um Desnudo”, da cineasta Teresa Aguiar, terá pré-estreia no Cine Odeon Petrobras às 19h. Isto mesmo: 25 de Junho às 19h.

Mas pré-estreia em dia de jogo do Brasil, Helena? 🙂

É isto mesmo!

E não tem desculpa para não prestigiar, galera. Até o Lima Duarte estará lá… A entrada custa R$ 10 (meia é R$ 5) e o evento, às 19h.

Se você se organizar bem (eu sou virginiana! :-), dá pra tirar onda que assistiu ao filme na pré-estreia, participou do debate e ainda viu o jogo do Brasil no telão do Cine Odeon – opção aos previamente credenciados  (detalhes no site do Grupo Estação http://www.grupoestacao.com.br). Outras boas possibilidades na região são as feijoadas (bombadas) do Teatro Rival em dias de jogo, além do Alzirão e da Arena FIFA Fun que ficam a um metrô de distância. E depois? Night na Lapa!

BORA!

Detalhes do interessante filme no site: http://www.topografideumdesnudo.com.br

A exibição do filme será seguida do debate “Imprensa, Estado e População de Rua” com os seguintes participantes: Teresa Aguiar (diretora), Ariane Porto (cineasta, atriz e produtora), Iara Cruz (membro da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro), Leonardo Cunha (defensor público, membro do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro), Marcelo Silva (militante do Movimento Nacional de População de Rua, membro do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional da população em situação de rua) e Reimont Santa Bárbara (vereador e presidente da Comissão de acompanhamento, estudo e análise da situação da população adulta de rua da Câmara Municipal do Rio de Janeiro). A moderação será de Luciano Rocco (diretor-presidente da Organização Civil de Ação Social – Revistas Ocas).

Helena Sroulevich

 

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em Helena Sroulevich

8 Respostas para “Topografia de um Desnudo

  1. Quando estiver no meu mestrado aí, juro que vou.

    • Quem é você? 🙂 Assine. Bjs, Helena.

      • Oi Helena,

        não assinei, porque estou usando um pseudônimo.
        Não sou “ninguém” não, descobri o blog por acaso e gostei do espaço.

      • Ah, Script…. Agora você atiçou minha curiosidade. Instigar os outros com mistérios é muita maldade.
        Não faz isso comigo, vai… Já basta a decepção que tive com Lost 🙂
        Pelo seu texto, deu para inferir que você é uma mulher. Do contrário, não teria dito obrigada. Os segredos da ilha começam a ser revelados.
        Tenho certeza de que agora você fisgou a Helena também.
        Beijos!
        Carlos Eduardo Bacellar

  2. Pois é… Não me importa se você é “ninguém”. Para mim, é “alguém” que vem aqui, lê a gente e tem carinho pelo nosso trabalho. E precisa ser “alguém” pra isso? Basta ser. A gente só agradece e queria saber teu nome. Só isso. Beijos!

  3. Stéphanie

    Entendo. Os dois.
    Não acompanhei toda a série, enjoei na metade da segunda temporada, quando percebi que ia ser como Caverna do Dragão.

    Não quero fazer mistério, essa não era minha proposta, apenas não era intenção me revelar a ninguém. E, como não gosto de mentir, preferi declarar a não vontade de dizer meu nomezinho.
    Mas já que insistem, é Stéphanie.

  4. Stéphanie, prazer! Mas você é aquela Stéphanie do Cross Fox amarelo? 🙂 Risos. Brincadeira. Fica ligada no “Doidos” que hoje postarei um texto. Mais tarde. Tá difícil de concluí-lo. Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s