Ressonância da ideologia das Cobras de Verissimo

“[…] O homem é essencial para qualquer conceito de universo. Sem ele, o universo existiria, mas não seria concebido. Este é o milagre do homem. Ele pode imaginar a infinitude terrível e assombrosa do universo, e mesmo assim não ter medo. Mas diante do mistério do tempo e da iminência da morte ainda consegue rir, trabalhar, criar… E amar. […]”

Trecho do diálogo entre os personagens Richard Burton (1925–1984) e Elizabeth Taylor no filme “Adeus às ilusões” (1965), de Lester Anthony Minnelli (1903–1986), diretor americano conterrâneo de Barack Obama, mais conhecido como Vincente Minnelli.

Nos créditos do roteiro salta aos olhos o nome de Dalton Trumbo (1905-1976), famoso pelo seu talento como escritor e por integrar, em 1947, época de caça às bruxas (leia-se supostos comunistas nas entranhas da indústria) promovida pela agenda macartista, a lista negra de Hollywood.

Lendo reportagem acerca do lançamento de livro em homenagem à tirinha As Cobras, de Luis Fernando Verissimo, comecei a imaginar que o roteirista hollywoodiano devia ter um serpentário em rebuliço permanente provocando sua massa cefálica.

Detalhe inusitado: Trumbo, Veríssimo e Harry Potter têm mais em comum do que possam imaginar.

Ambos são ofidioglotas (capacidade de falar e entender a língua das cobras).

Felizmente, fora do universo de J. K. Rowling, essa habilidade, explorada com competência pela ironia de Veríssimo e a filosofia sentimental de Trumbo, não é associada às forças das trevas, mas, sim, ao entendimento da realidade política, social e, no caso de “Adeus às ilusões”, complexo-afetiva que precisamos (ao menos tentar) interpretar sem vícios e preconceitos para um entendimento plural de quem somos e para onde vamos (ou para onde não vamos).

Leia aqui a matéria assinada pela Cora Rónai, publicada no jornal O Globo de hoje, sobre a antologia das Cobras de Veríssimo que chega às livrarias. O escritor merece o nosso carinho.

Carlos Eduardo Bacellar

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Filmaço!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s