Dicotomia almodovariana

Almodóvar encontra na perversão a melhor forma de expressar a interseção entre amor e ódio. Quando os dois sentimentos são sobrepostos pela ruptura, as externalizações do desejo se tornam multifacetadas variando do carinho à loucura homicida.

Em “A pele que habito”, o cirurgião Robert Ledgard (Antonio Banderas) é o vetor das perturbações de Almodóvar. Destroçado pela morte da mulher que comete suicídio após um acidente de carro que a deixa deformada e da filha que sofre de distúrbios mentais, acentuados depois de uma suposta tentativa de estupro , Ledgard direciona suas obsessões para um plano de vingança que envolve seu trabalho. Criador de uma pele sintética revolucionária, ele encontra no sofrimento o combustível para conciliar o acerto de contas com suas pesquisas de metodologias questionáveis.

Após a sessão, não procure entender ou justificar o comportamento de Ledgard. A arte de Pedro Almodóvar se funda em incertezas. O cineasta espanhol não tentar delinear, no caleidoscópio do desejo doentio, o que pode ser definido como vingança, possessividade, loucura, obsessão, imoralidade, perversidade. Tudo se confunde dentro de uma mente avariada pela dor, ofuscada pelas fagulhas geradas pela superposição entre amar e odiar.

Uns gostam do filme e se identificam com a forma inortodoxa por que o realizador exprime seus entendimentos acerca das nuances referentes à primeira dimensão; outros detestam e acreditam que Almodóvar, falido esteticamente, vem deturpando suas obras com apelos chocantes, mas vazios. Assista e tire suas próprias conclusões.

Não sei não… Algo me diz que Todd Solondz cronista dos traumas e perversões escamoteadas da classe média ianque e Pedrito iam se entender muito bem.

O Festival do Rio 2011 começou para os Doidos! Vamos que vamos!

 Carlos Eduardo Bacellar

p.s. Em tempo… Todd, o ingresso para “Dark Horse” já está na mão!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Quase uma Brastemp

Uma resposta para “Dicotomia almodovariana

  1. Pingback: Melhores filmes de 2011 | Doidos por Cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s