Melhores filmes de 2011

Sempre correndo o risco de ser execrado pelas massas, editei minha lista com os melhores filmes de 2011. Tive certa dificuldade. Hesitei em algumas ocasiões, suei frio em outras. Em determinado momento, tive que interromper os trabalhos para ir ao banheiro, carcomido pelas dúvidas, tamanha era a minha tensão. Acabei encontrando a solução: por que selecionar 10 se posso selecionar 15? Como sou da pá virada, para ficar diferente… Os filmes em destaque foram contemplados com textos aqui no Doidos. Sem nenhuma ordenação específica de valor, aí vai:

Incêndios” (Denis Villeneuve);

Cópia Fiel” (Abbas Kiarostami);

Melancolia” (Lars von Trier);

A pele que habito” (Pedro Almodóvar);

Amor a toda prova” (Glenn Ficarra e John Requa);

Rango” (Gore Verbinski);

O vencedor” (David O. Russell);

Inquietos” (Gus Van Sant);

Meia-noite em Paris” (Woody Allen);

Um conto chinês” (Sebastián Borensztein);

Super 8” (J. J. Abrams);

Medianeras” (Gustavo Taretto);

Amores imaginários” (Xavier Dolan);

O garoto da bicicleta” (Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne);

Cisne Negro” (Darren Aronofsky).

“Não atire, por favor… Estou desarmado!”

Felicidades, saúde e paz. Desejo um 2012 repleto de realizações para todos! Até o próximo ano. Filmes e livros, amigos… Muitos filmes e muitos livros.

Carlos Eduardo Bacellar

 

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Uncategorized

7 Respostas para “Melhores filmes de 2011

  1. Paulo Henrique Souto

    Uai Bacellar meu caro, não viu filmes Brasileiros esse ano? Olha lá, deve ter comido mosca, talvez tenha algum que mereça estar na lista “estrangeira”.rsrsrsrs.Feliz 2012.

  2. Paulo Henrique Souto

    não sacou que era uma brincadeira mermão.tá me estranhando, faz isso não…
    bj

  3. Paulo Henrique Souto

    Bom humor é tudo.
    O filme brasileiro diz mais ao brasileiro que qq filme estrangeiro, dizia Paulo Emilio, mas eu sei, e lamento, que a safra não tá boa, o os melhores nem chegam as telas, com a força da Grobofilmes e os estranjas…
    mas pior não fica. Oxalá.

  4. Dos 15, só quatro coincidiram com meus 10. Dois pelo menos estavam entre os meus piores do ano: Inquietos e Amores Imaginários. Mas fazer o que? Nem todo Carlos sabe escolher… 🙂

    • Hahaha! Que isso… Os Carlos são complementares. O mais bacana é a troca. Você certamente influencia meu olhar mais do que imagina. Para limpar um pouco minha barra digo o seguinte: se tivesse de cortar algum, começaria por “Amores imaginários”.
      Abraços do amigo!
      CEB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s