Os melhores livros de 2012

cinema x livro

Você deve estar se perguntando: onde está a lista com os melhores filmes de 2012? O ano ainda não acabou, e hoje é dia de estreias. Tudo em seu tempo… Enquanto isso, vai se divertindo com a lista dos 20 melhores livros publicados no Brasil este ano, além de duas menções honrosas para primorosos trabalhos de tradução e uma sacanagem com a Helena. Infelizmente, apesar dos esforços, o blog não conseguiu entrar em contato com o crítico literário Rodrigo Gurgel, o famigerado Jurado C do Jabuti 2012, que deu nota zero para a escritora Ana Maria Machado e mudou a história da premiação. Sem o auxílio de Gurgel, que catapultou Nihonjin (Benvirá), de Oscar Nakasato, para a estante de obras localizada na frente das livrarias, tivemos que nos virar da forma que foi possível. Tentaremos não fazer feio. Vamos aos escolhidos:

A visita cruel do tempo, de Jennifer Egan (Intrínseca)

A trama do casamento, de Jeffrey Eugenides (Cia. das Letras)

Serena, de Ian McEwan (Cia. das Letras)

Paris: a festa continuou, de Alan Riding (Cia. das Letras)

A noite da arma, de David Carr (Record)

Marighella: o guerrilheiro que incendiou o mundo, de Mário Magalhães (Cia. das Letras)

Getúlio 1882-1930: dos anos de formação à conquista do poder, de Lira Neto (Cia. das Letras)

Ficando longe do fato de já estar meio que longe de tudo, de David Foster Wallace (Cia. das Letras)

Exclusiva, de Annalena Mcafee (Cia. das Letras)

Os ena­moramentos, de Javier Marías (Cia. das Letras)

O espírito da prosa: uma autobiografia literária, de Cristovão Tezza (Record)

O diabo na água benta, de Robert Darnton (Cia. das Letras)

Diálogos impossíveis, de Luis Fernando Verissimo (Objetiva)

Deixa ela entrar, de John Ajvide Lindqvist (Globo Livros)

Chamadas telefônicas, de Roberto Bolaño (Cia. das Letras)

A borra do café, de Mario Benedetti (Alfaguarra)

Barba ensopada de sangue, de Daniel Galera (Cia. das Letras)

Ar de Dylan, de Enrique Vila-Matas (Cosac Naify)

Amsterdam, Ian McEwan (Cia. das Letras)

1Q84 — Livro 1, de Haruki Murakami (Alfaguara)

Ops… Vai escapar o 21… Stieg Larsson: a verdadeira história do criador da Trilogia Millennium, de Jan-Erik Pettersson (Cia. das Letras)

Menção honrosa para as traduções de:

Ulysses, de James Joyce (Penguin-Companhia), por Caetano W. Galindo

Guerra e Paz, de Liev Tolstói (Cosac Naify), por Rubens Figueiredo

O livro que Helena Sroulevich gostaria de ver na lista:

O filho de mil homens, de Valter Hugo Mãe (Cosac Naify) – segundo Paulo Werneck, editor da Ilustríssima, Mãe é o “lisboeta bacana que causou sensação em Paraty”.

Carlos Eduardo Bacellar

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Uncategorized

3 Respostas para “Os melhores livros de 2012

  1. Risomar Fassanaro

    Muito grata por esta lista. Estou “devorando” “Marighella”, mas não li nenhum dos outros que você nomeia. Fiquei estarrecida ao saber que um jurado de nota zero à Ana Maria Machado, uma de nossas maiores escritoras… Você poderia me dizer quantos autores são brasileiros dessa lista? Achei que são poucos, mas como às vezes os nomes parecem estrangeiros e não são, gostaria de saber. Sabe por quê? Noto que nas listas dos mais vendidos há poucos autores nacionais, e quando aparecem são autores de livros de auto-ajuda (que detesto). Um Feliz 2013 para você! Abraços Risomar

    Visite os Blogs: http://filmedoc.blogspot.com ( de Sílvio Tendler – diretor de cinema) http://cronicaseg.blogspot.com ( de Cacá Mendes- escritor) http://risomarfasanaro.blogspot.com http://cronicadelirio.blogspot.com (Risomar)

                            “não sou nada                        nunca serei nada                           à parte isso           tenho todos os sonhos do mundo”                       (Fernando Pessoa)

    • Olá, Risomar! Tudo bom?
      Na minha lista de melhores, os autores nacionais são Cristovão Tezza, Lira Neto, Daniel Galera, Luis Fernando Verissimo e Mário Magalhães. Se não me engano, são só esses…
      Fico feliz que tenha curtido a lista. Muita coisa boa ficou de fora, fazer o quê?
      Bom ano novo para você!
      Abraços!
      CEB

  2. Risomar Fassanaro

    Veja o que este blogueiro que é um crítico de cinema considera os melhores livros de 2012. Beijos   Visite os Blogs: http://filmedoc.blogspot.com ( de Sílvio Tendler – diretor de cinema) http://cronicaseg.blogspot.com ( de Cacá Mendes- escritor) http://risomarfasanaro.blogspot.com http://cronicadelirio.blogspot.com (Risomar)

                            “não sou nada                        nunca serei nada                    à parte isso tenho em mim                   todos os sonhos do mundo”                       (Fernando Pessoa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s