Arquivo da tag: Lost

A ilha de ‘Lost’ de Claude Chabrol

Quem acha que Jeffrey Lieber, J. J. Abrams e Damon Lindelof, os criadores de Lost, descobriram a pólvora com o seriado que supostamente revolucionou o formato devereria assistir ao filme “Alice ou a última escapada” (1977), do cineasta francês Claude Chabrol e mudar seus conceitos.

Na produção em questão, a matriz da ilha enigmática é uma casa perdida no meio do nada na qual a personagem da atriz Sylvia Kristel — Alice Carol (um chá com biscoitos para quem adivinhar de qual obra literária ele esse sorveu esse nome “criativo”) — encontra seu limbo espiritual.

Chabrol aposta num mashup de nonsense com referências espíritas, e cria uma obra estética no mínimo interessante. Uma versão sombria das aventuras de Alice no país das maravilhas com pitadas de Alice através do espelho.

No televisão, bem como no cinema nos últimos tempos,  nada se cria, nada se perde, tudo se transforma para dar lucro.

Não se preocupem. O vídeo, assim como a série da grife J. J. Abrams, não fornece nenhuma resposta. Eu copiei da série a armadilha narrativa que mantém todo mundo interessado no que vem depois. Respostas? Para quê? Elas são só um detalhe.

O mais importante é passar horas na frente da televisão consumindo as mensagens dos anunciantes. O que fazemos com o maior prazer.

Carlos Eduardo Bacellar

Deixe um comentário

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Filmaço!!!

Lost é uma ilusão

Freek de Jonge


Michael Emerson

Os atores Freek de Jonge e Michael Emerson são oriundos da mesma cepa. Aquele interpreta um aspirante a ilusionista no filme “O Ilusionista” (1984), do diretor holandês Jos Stelling (maravilhoso!). Este é o enigmático Benjamin Linus na série de televisão Lost, que leva a etiqueta da grife J. J. Abrams. A semelhança assombra. Na dramaturgia, ambos lidam com o inexplicável que fascina e hipnotiza — e nos prende em frente às telas, babando. Só Mister M explica.

Carlos Eduardo Bacellar

Deixe um comentário

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar

Lostmaníacos

Os fãs estão roendo as unhas na expectativa da sexta e última temporada de Lost, que estréia por aqui na próxima terça-feira, dia 9/2, às 21h, no canal AXN.

Muitos aficionados – como eu – fuçam a Internet atrás de respostas para os enigmas da série. Acabei esbarrando em diversas paródias hilárias sobre as aventuras da trupe do Oceanic Flight 815. Selecionei para vocês um vídeo engraçadinho, que faz uma brincadeira musical alicerçada no grande ponto de interrogação que é o programa. Rob Marshall poderia ter pensado em algo do tipo, em vez de desperdiçar milhões de dólares com “Nine”.

Graças a Jaga, Senhor dos Thundercats, há muita gente criativa que não tem nada melhor para fazer e fica montando esses vídeos que preenchem nossos momentos de ócio.

p.s. Na terça-feira, dia 9/2, das 21h às 23h, estarei incomunicável. Se algum recado for urgente e não puder esperar, azar o dele.

p.s.2 Sei que o post nada tem de cinema, mas eu não resisti… Quem sabe não vem o filme da série por aí?

Carlos Eduardo Bacellar

Deixe um comentário

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Filmaço!!!