“Inverno da alma” em 91 segundos

A abertura da série True Blood, produzida pela HBO, traduz bem o espírito decadente de perversidade endêmica do filmaço da diretora Debra Granik. Esqueça os créditos do programa de TV e embarque no espírito da coisa.

“Inverno da alma” é o melhor filme em cartaz no momento. Se você ainda não viu, está esperando o quê?

Carlos Eduardo Bacellar

p.s. Não estava pensando em falar sobre ele, mas… Quem quiser que eu escreva sobre o filme deixe um comentário neste post. Dependendo do número de interessados, eu faço a crítica. Os leitores mandam.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Carlos Eduardo Bacellar, Filmaço!!!

2 Respostas para ““Inverno da alma” em 91 segundos

  1. Fernanda Ferraz

    Gente, eu achei o filme um horror…um filme feio em vários aspectos. A atriz é ótima, mas afinal que mensagem é a do filme? Por que as coisas “intelectualizadas” precisam parecer ou ser feias e desagradáveis??

    • Sério, Fernanda?! Poxa…
      Acho que fui um dos poucos que curtiu o filme. Sim, ele é depressivo e desagradável, mas traz uma mensagem forte acerca de uma face da sociedade americana que os próprios ianques se recusam a colocar em pauta.
      Pretendia escrever sobre ele, mas acabei sendo consumido por outros textos. Fico te devendo, ok?
      Abraços!
      CEB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s